A influência dos blogs no comportamento de compra de cosméticos das mulheres

Autores

  • Mauro Maia Laruccia Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Fundacentro http://orcid.org/0000-0002-9624-6245
  • Dalton Tria Cusciano Fundação Getulio Vargas (FGV), Doutorando em Administração Pública e Governo (CDAPG) e Fundacentro, Diretoria Técnica

Palavras-chave:

Comportamento de compra, Comportamento de compra. Mulher. Redes Sociais. Blogs. Cosméticos, Mulher, Redes Sociais, Blogs, Cosméticos

Resumo

Este artigo apresenta os resultados da pesquisa “Blogs e o Comportamento de Compra de cosméticos por Mulheres”. O objetivo do estudo foi analisar o comportamento de compra de cosméticos da consumidora do estado de São Paulo baseado na influência dos blogs, usando pesquisa de levantamento e aplicando a técnica de análise multivariada conhecida como escalonamento multidimensional (EMD). Essa técnica permite identificar, por meio de um mapa de percepção, como as perguntas do questionário se inter-relacionam tendo como critério comum às duas instâncias em comparação. Os resultados demonstram, inicialmente, que os blogs afetam diretamente o comportamento de compra do público feminino bem como, a mulher se importa com recomendações e indicações fornecidas por suas colegas e divulgadas na Internet.

Biografia do Autor

Mauro Maia Laruccia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Fundacentro

Bacharel em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983), mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002) e Pós-doutor em analise do Ethos discursivo da inovação e sustentabilidade nas organizações (2012). Atualmente é professor da FEA/PUCSP, das Faculdades Integradas Campos Salles, Servidor da FUNDACENTRO do Ministério do Trabalho e Avaliador Ad Hoc do INEP/MEC e CEE/SP.

Referências

A. C. Nilsen. (2016). Tendências de consumo para a mulher brasileira. São Paulo.

Armstrong, G., & Kotler, P. (2014). Marketing: an introduction. New York: Pearson education.

Barletta, M. (2003). Como as mulheres compram. São Paulo: Negócio.

BlogHer. (2012). Women and Social Media in 2012. Retrieved January 10, 2017, from https://www.blogher.com/files/2012socialmediafinalv2-120314103327-phpapp02.pdf

Borg, I., & Groenen, P. J. . (2005). Modern multidimensional scaling: theory and applications. New York: Springer.

Buttle, F. (1998). Word of mouth: understanding and managing referral marketing. Journal of Strategic Marketing.

Churchill, G. A., & Surprenant, C. (1982). An Investigation into the Determinants of Customer Satisfaction. Journal of Marketing Research, 19(4), 491–504.

Dibb, S., & Stern, P. (2002). Marketing knowledge and the value of segmentation. Marketing Intelligence & Planning, 20(2), 113–119. http://doi.org/10.1108/02634500210418536

Freitas, H., Oliveira, M., Saccol, A. Z., & Moscarola, J. (2000). O método de pesquisa survey. Revista de Administração, 35(3), 105–112.

Gabriel, M. (2010). Marketing na era digital. São Paulo: Novatec.

Giglio, E. (1996). O comportamento do consumidor e a gerência de marketing. São Paulo: Pioneira.

Karsaklian, E. (2004). Comportamento do consumidor (7th ed.). São Paulo: Atlas.

Keller, K. L., & Kotler, P. (2006). Administração de marketing: A Bíblia do Marketing. São Paulo: Prentice Hall.

Keller, K. L., & Machado, M. (2006). Gestão estratégica de marcas. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Lima, M. C. (2008). Monografia: A Engenharia da Produção Acadêmica. São Paulo: Saraiva.

Limeira, T. M. V. (2008). Comportamento do consumidor brasileiro. São Paulo: Editora Saraiva.

Limeira, T. M. V. (2010). e-Marketing: O marketing na Internet com Casos Brasileiros. São Paulo: Saraiva.

Lucas Jr., D., & de Souza, C. A. (2011). Estabelecendo Estratégias de Comunicação Integrada nas Redes Sociais: Análise de uma Instituição Financeira Brasileira. Pensamento & Realidade, 26(3), 45–60.

Malhotra, N. K. (2006). Pesquisa de marketing uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman.

Maslow, A. (2013). A Theory of Human Motivation. (D. Webb, Ed.). Colorado Springs: CreateSpace Independent Publishing Platform.

Mcdaniel, C., & Gats, R. (2003). Pesquisa de Marketing. São Paulo: Pioneira.

Mind, S. (2012). Consumo Feminino de mídia entre 2009 e 2010. Retrieved March 10, 2012, from <http://www.sophiamind.com/secao/pesquisas/consumo-de-midia-pesquisas/

Mowen, J. C., & Minor, M. S. (2003). Comportamento do consumidor. São Paulo: Prentice-Hall.

Peter, P. J., & Churchill, G. A. (2000). Marketing: Criando valor para os clientes. São Paulo: Saraiva.

Recuero, R. (2009). Redes Sociais na Internet. Ecompós, 2(2003), 191. http://doi.org/10.1590/S0102-88392005000300006

Salomom, M. R. (2008). O Comportamento do Consumidor: comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Bookman.

Sheth, J. N., Newman, B. I., & Gross, B. L. (1991). Why We Buy What We Buy: A Theory of Consumption. Journal of Business Research, 22, 159–170.

Thomas, R. J., & Cross, R. O. B. (2009). Redes Sociais. São Paulo: Gente.

Underhill, P. (1999). Vamos às Compras: a ciência do consumo. Rio de Janeiro: Elsevier.

Velloso, V. F., & Yanaze, M. H. (2014). O consumidor insatisfeito em tempo de redes sociais. Educação, Cultura e Comunicação, 5(9), 7–20.

Downloads

Publicado

2018-02-01

Como Citar

Laruccia, M. M., & Cusciano, D. T. (2018). A influência dos blogs no comportamento de compra de cosméticos das mulheres. International Journal of Business Marketing, 3(1), 003–013. Recuperado de https://www.ijbmkt.org/ijbmkt/article/view/33

Edição

Seção

Artigos